Biscoito frito de polvilho

12.2.17

Vó Bia. É só nela que consigo pensar toda vez que sonho com biscoito frito de polvilho.

A receita era meu cardápio favorito das férias. Todo café da manhã, sem falta, lá estava ele. Na verdade, lá estava a vó Bia, de pé no fogão, com seu corpo magro, mas ainda assim ágil (resultado de quem aprendeu com o tempo a controlar sabiamente sua frágil figura), fritando dezenas e dezenas de biscoitos para saciar o apetite dos netos em fase de crescimento.

E nunca sobrava um sequer para contar história.

Desde que fui morar sozinha e consegui espaço para desenvolver meu amor pela cozinha que procuro pela receita certa de biscoito frito. Mas, sinceramente, hoje sei que nunca vou encontrar aquele sabor de novo. Porque o que eu saboreava nas férias não era só mais uma receita de biscoito. Era uma receita aprimorada por décadas e décadas de treino, feita com o amor e a dedicação mais genuínos que qualquer um pode imaginar. Como se não bastasse isso, eles faziam parte de um cenário muito maior: eram saboreados por uma criança amada, livre, ingênua, que tinha o mundo inteiro pela frente - sem as preocupações, os medos, os traumas e as decepções de hoje. Não me entendam mal. Não sou infeliz, mas tenho minhas marcas.


Enfim, depois que a ficha caiu e decidi assumir que jamais acharia um biscoito como o da vó, também me libertei para reviver a experiência do biscoito frito. E aí apareceu uma: gostosa, fácil de fazer, não exatamente como a que sonhava, mas com suas marcas e particularidades. E decidi aceitá-la assim (o que de certa forma significa me aceitar por quem sou hoje) e por fim à minha busca.

Vó, onde quer que esteja, obrigada por ter me dado tudo que estava por trás dos biscoitos (e que tanto vaguei procurando): amor verdadeiro, sem pedir nada em troca. Te amo.


Biscoito frito de polvilho

Ingredientes
1/2 copo (americano) de água
1/2 copo (americano) de óleo
3 copos (americanos) de polvilho doce
Sal a gosto
2 ovos

Modo de preparo

Ferva a água, o óleo e o sal e derrame por cima do polvilho (que deve estar em uma vasilha ou bowl). Deixe esfriar e misture os ovos. Amasse bem com a mão (se ficar melequento, acrescente mais de polvilho, aos poucos). Assim que a mistura soltar dos seus dedos, enrole os biscoitos nesse formato compridinho. Frite em óleo frio para que os biscoitos não estourem. Só os mexa quando boiarem. Pode virá-los de lado, para corarem igualmente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário