Tartar de salmão

10.6.16

Estou me sentindo podre. Podre de rica, podre de fina, podre de chique. Que foi? Acha exagero? Então, deixa eu me explicar.


É que eu fiz tartar em casa. De salmão. Tipo uma das maiores podridões da galáxia interplanetária. E estou me achando.

Acho que nunca tinha me arriscado porque, sinceramente, não me achava capaz. Parecia coisa de outro mundo. Até pavor de não saber comprar o salmão certo eu tinha. Acredita?

Ainda bem que venci esse medo. Como me arrependo de não ter tentado fazer isto antes!!!

O que importa é que agora posso ter tartar de salmão para sempre, quando quiser. E você também pode. Duvida? Dá só uma olhada nesta receita e veja quão simples ela é. E me conta depois como foi a experiência de fazer seu próprio tartar!


Tartar de salmão

Ingredientes
700g de salmão limpo (sem pele e espinhas)
Suco e raspas de 1 limão taiti
1 colher (chá) de mostarda L'ancienne (grão)
1/4 colher (chá) de mostarda Dijon (aquela amarela)
1 colher (sopa) de azeite extravirgem
3 colheres (copa) de salsinha picada
3 colheres (sopa) de cebolinha picada
1 cebola roxa pequena bem picadinha
Sal e pimenta do reino a gosto
1 pote de cream cheese (150g, opcional)

Molho
2 1/2 colheres (sopa) de shoyu + 1 colher (sopa) de shoyu (você vai entender logo, logo)
2 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de vinagre branco

Modo de preparo

Corte o salmão em pedaços bem pequenos. É como picá-lo com a ponta da faca. Só não deixe ficar parecendo carne moída de tão processado. Coloque em uma vasilha e acrescente os demais ingredientes. Misture bem e reserve!

Para acompanhar, faça o molho. Em uma panela, esquente as 2 1/2 colheres de sopa de shoyu, com o açúcar e o vinagre. Mexa bem até que ele fique com uma consistência mais espessa. Desligue o fogo e continue mexendo até esfriar. Só então acrescente a última colher de sopa do shoyu. Pode servir por cima do tartar ou enfeitar o prato com ele.

A combinação do salmão, meio cítrico, com o molho adocicado é dos deuses!

2 comentários:

  1. Nossa, deve ficar maravilhoso!!!! :D Confesso que também sempre tive medo de fazer tartar... Mas quem sabe agora eu não me animo?! rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, sou suspeitíssima para opinar... Rs! Afinal, depois de perder o medo, confesso que me senti boba por não ter tentado antes. O máximo que pode acontecer é você não gostar do resultado final. Coisa que duvido... Esta receita é boa demais!!!!

      Excluir