Molho de tomate falsificado

22.9.15

Minha dieta atual é muito doida. Entre os itens proibidos, estão alimentos acima de quaisquer suspeitas, inofensivos até a raiz! Por exemplo, mamão, pepino, berinjela, batata.

Quer dizer, são alimentos aparentemente inofensivos. Pelo visto, não fazem bem para mim, ao menos na minha fase atual (a tese do meu nutricionista é de que, em momentos desequilíbrios, nosso corpo não processa certas coisas, mas, voltando ao normal, podemos comer de tudo. Pensa no quanto estou rezando para que o tal desequilíbrio cesse já?!).

Enfim, enquanto perdura a dieta, preciso fazer malabarismo. Eliminar o que seria tóxico para mim e investir no que desce suave. Só que, confesso, não é nada fácil.

Inicialmente, queria desistir. Meu nutricionista não só proibiu vários itens que fazem meu dia mais feliz (manteiga, te amo), como me passou uma série de sugestões de receitas para que eu levasse uma vida "a mais normal possível". Por exemplo, um tal de Bolo Paixão, em tese inacreditável, saboroso, life saver. Em tese, ele era tão bombástico que eu nem me importaria de ter que ficar longe de bolo de chocolate com calda.

Já sabe no que deu, né?! Marmelada pura! Todas as receitas sugeridas, sem exceção, eram horrendas! Feias de se ver, molengas, sem sabor! Eca!

Convoquei na hora uma reunião de emergência e disse ao meu nutricionista que assim não tinha santo que seguisse aquela dieta. E que, se autorizada, eu buscaria receitas para voltar a sorrir.

Desde então, tenho me dedicado com afinco a encontrar pratos saborosas, lindos e permitidos!!! E tenho sido bem-sucedida, graças a Deus! Como praticamente todos os bolos que existem na Terra, com suas devidas substituições; faço panquecas e pão de queijo (de cabra ou mussarela, os únicos autorizados); e assim por diante.

Com relação à receita de hoje não é diferente. Acredita ou não,  tomate é um item proibidíssimo! Parece que dá para passar a vida sem ele, mas, gente, não dá! Eu juro! Tomate combina com salada - e salada sem tomate fica totalmente capenga. Tomate é o principal molho usado em massas, melhor substituto para fugir daqueles molhos brancos, cheios de lactose, gordurosos, filhos do Demo, mas se não pode tomate, como faz? E pizza sem molho de tomate? Viu como é impossível?

Desesperada, a um passo da loucura, encontrei esta receita. Um molho de cenoura com beterraba que, no fim das contas, vira uma cópia autenticada do molho de tomate. Inacreditável. Bom, saboroso, lindo, cheiroso e com a mesma cor!

Espero que não tenha as mesmas restrições que eu, mas se ficou interessada, faça em casa esta belezura. Simples e perfeita! E saudável!

A receita original é da Bela Gil!


Molho de tomate falsificado

Ingredientes
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
3 cenouras médias descascadas e cortadas em pedaços médios
1 beterraba pequena descascada e cortada em pedaços médios
1 cebola pequena picada
2 dentes de alho picados
1 colher (chá) de vinagre de maçã ou arroz
2 colheres (sopa) de shoyu
3 copos (americanos) de água
1 colher (sobremesa) de orégano seco
1 folha de louro
1 pitada de noz moscada
3 colheres (chá) de sal marinho
1/2 xícara (chá) de manjericão fresco (não tinha em casa, então foi sem)

Modo de preparo

Em uma panela, refogue a cebola no azeite até ficar transparente. Junte o alho e refogue por mais um minuto. Acrescente os demais ingredientes. Deixe ferver e abaixe o fogo. Cozinhe até os legumes amolecerem (se necessário, acrescente mais água).

Quando pronto, desligue o fogo e espere esfriar um pouco. Descarte a folha de louro e bata no liquidificador (eu não coloquei tudo de uma vez. Parte do líquido deixei na panela e fui acrescentando à mistura aos poucos, para não ficar muito líquido).


4 comentários:

  1. Delícia!
    Apresentação lindíssima. Parabéns pelo capricho. (Júlia)

    ResponderExcluir
  2. Uai, amiga, vc tá com intolerância a esse tanto tipo de alimento "inofensivo"? Já tá melhor? Tomara!! Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Sheyloca! Não é exatamente uma intolerância. É mais aquela coisa do que processamos melhor ou pior. E fiz uns testes pra ver o que descia bem e o que não. Tomate ficou de fora! Por isso, fui arranjar uma alternativa. Mas agora já voltei a comer, mas é bom saber que posso contar com um molho igualzinho e inofensivo! Beijos!

      Excluir