Salada de repolho cozido

Conheço a Pri desde a faculdade. Linda, inteligente, talentosa. Muitos predicados. Só nunca imaginei que entre tantas qualidades estava a paixão pela cozinha.

Acho que é assim com frequência. Conhecemos a pessoa superficialmente, não nos aprofundamos. Falta de tempo? Disposição? Abertura da pessoa? Nossa? Sei lá. Sei só que é uma pena. Quanta gente bacana passa pela sua vida e você nem percebe?

Enfim, adoro as coisas que ela cozinha, sempre muito saudáveis e atraentes. E também curto muito o jeito como ela apresenta cada uma das receitas no Gororoba com Cardamomo.

Mais legal é saber que compartilhamos esse amor pela boa comida.

Apesar de ela postar coisas maravilhosas com frequência, até hoje só fiz um prato dela: a salada de repolho cozido. A receita é uma réplica de uma salada que ela comia quando mais nova. Eu adorei!

O melhor é que você pode comer até passar mal. Caloria zero!! Aproveite (a receita original está aqui)!

Salada de repolho cozido

Ingredientes
1 repolho branco cortado em tiras (do jeito que der)
Sal
Azeite
Vinagre branco
Pimenta-síria
Pimenta-do-reino
Ajinomoto

Modo de preparo

Limpe o repolho. Basta arrancar as folhas mais externas. Depois, pique-o e coloque em uma panela grande. Encha com água fervida. O repolho deve flutuar. Cozinhe por uns dois minutos com a panela tampada. Apague o fogo e deixe por mais 10, 15 minutos. Reserve um pouco da água do cozimento.

Transfira o repolho para uma vasilha com tampa. Tempere livremente com os temperos listados acima. Coloque também uma quantidade generosa de azeite e vinagre. Com uma colher, compacte bem o repolho na vasilha. Se você achar que a parte líquida não está quase aparecendo, ponha um pouco da água que você reservou. Deixe esfriar e depois coloque na geladeira. Dá para comer como salada mesmo ou até no pão com manteiga (que era o jeito que ela comia). Dura um tempão na geladeira, mas não exagere (como diria a Pri).

Comentários

  1. ah, Mari, obrigada! Mas preciso dividir os créditos com o Gustavo (com quem divido a casa, a cama e a cozinha), pois a salada faz parte da memória da infância dele! beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor assim, né Pri? Uma salada que faz parte das memórias dos dois! beijo!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas