Uma salada preguiçosa

Eu comecei o ano lenta. Não no sentido pejorativo da palavra. Mas lenta no sentido de me permitir ficar à toa, descansar mesmo e não passar os dias cumprindo compromissos.

É um pouco assustador, pois, como vivo correndo, tendo a me sentir inútil. Mas, neuras à parte, estou bem. Feliz de ficar jogada na minha cama. Feliz por poder ver TV, dormir a qualquer hora do dia, alimentar o blog... Feliz.

E, em meio a essa vibe, lembrei-me desta maravilhosa salada. Confesso que ela me conquistou pelo visual. Mas o melhor de tudo é que ela também é simples. O que combina perfeitamente com o meu momento preguiça. Você precisa apenas cozinhar o arroz e bater o molho no processador.

O resto é partir pro ataque.

Espero que gostem!

E que vocês também possam curtir, neste novo ano, momentos preguiça como os meus.


Salada de arroz selvagem e romã

Ingredientes
1 xícara (chá) de sementes de romã
2 xícaras (chá) de couve galega (eu usei alface crespa, mas acho que vale de tudo: rúcula, agrião, alface americana...)
2 xícaras (chá) de arroz selvagem cozido
1/4 xícara (chá) de nozes tostadas
1/4 xícara (chá) de queijo feta (ou outro queijo de cabra)

Para o molho
1/2 xícara de cebola picada
2 colheres (sopa) de azeite extravirgem
2 colheres (sopa) de água
2 colheres (sopa) de mel
1/2 colher (sopa) de vinagre de maçã
1/2 colher (chá) de sal
Suco de um limão ou laranja

Modo de preparo

Refogue a cebola na panela com meia colher de sopa de azeite para tirar a acidez. Quando transparente, tire do fogo e coloque em um processador (ou liquidificador). Bata a cebola com o restante do azeite e os demais ingredientes do molho.

Para a salada, junte todos os ingredientes e misture com o molho (com relação às sementes de romã, é possível comprar só as sementes em alguns supermercados. Caso contrário, compre a romã, parta ao meio e bata com uma colher de pau nas costas da fruta. As sementes vão todas se soltando!). Serve quatro pessoas!

Comentários

Postagens mais visitadas