Labneh incrementado

25.1.14

Quem vê pelo título acha que eu sou especialista em Labneh e que a receita de hoje é uma versão exótica e alternativa à que sempre faço. Mentira pura.

É a primeira vez que faço Labneh (para quem não sabe, ele é quase uma coalhada seca, muito popular nos países árabes, e serve de antepasto ou para cozinhar com outros pratos). Quer dizer. É a primeira vez que faço qualquer tipo de queijo.

Sempre me pareceu um processo muito complicado, com muitas etapas. E é. Bom, pelo menos, eu não tenho paciência pra todo o processo. Mas com o Labneh é diferente. Ele é daquelas receitas que parece que foram inventadas para levantar a moral de quem decide se aventurar na cozinha. Você acerta de primeira. Sem ajuda. E ainda pode sair por aí dizendo que fez queijo.

Lindo, não?

Então, deixe o medo de lado e mande ver.

Labneh com limão e za'atar

Ingredientes
500g de iogurte grego (não pode ser o adocicado vendido no supermercado)
Raspas de meio limão siciliano grande (ou 1/2 colher de sopa)
1 colher (sopa) de za'atar
Sal marinho

Para a montagem
2-3 filtros de café de papel
Dois potes de vidro para guardar o queijo
2 xícaras (chá) de azeite de oliva de qualidade
2-4 pimentas malaguetas
2 galhos de orégano fresco
2 galhos de tomilho fresco
4 dentes de alho, descascados e esmagados
8-10 bolinhas de pimenta do reino
Pitada de sal

Modo de preparo

Coloque os filtros de café em um recipiente de forma que o soro que vai pingar do iogurte caia no fundo da vasilha sem encostar no filtro (a vasilha deve ser funda o suficiente para um pouco mais de uma xícara de soro).

Em um bowl, misture o iogurte, as raspas, o za'atar e uma pitada generosa de sal. Misture e coloque no filtro. Deixe na geladeira, coberto ou não, e permita que o soro escorra por dois dias (em um dia, 95% do soro tinha saído). A consistência é a de um cream cheese firme.


Feito isso, agora é só pegar o queijo e fazer bolinhas dele, do tamanho das de golfe. Coloque-as nos vidros e depois junte o alho, as pimentas, o orégano, o tomilho e o sal. Complete o pote com azeite e volte para a geladeira por mais 24h. A ideia é deixar o queijo pegar gosto.


Dá para comer com pão, salada, pizza, massa, sanduba e até servir puro!

4 comentários:

  1. Hummm, o resultado parece que faz valer a pena o trabalho.

    Abraço, Mari!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale sim! E nem é tanto trabalho, acredite! Abraço!

      Excluir