Quibe assado

9.7.13

Eu sei que o quibe é um prato típico do Oriente Médio. Mas, honestamente, parece que foi inventado no Brasil. Como negar que ele se encaixa perfeitamente na lista de salgadinhos obrigatórios servidos nas festas de criança, ao lado de coxinhas, empadas e rissoles? Como fingir que ele não é um dos destaques da nossa chamada comida de boteco? Impossível esquecer que ele desce mais do que redondo com uma cerveja bem gelada, que, convenhamos, também é a cara do Brasil! E é bom lembrar que seu acompanhamento preferido é o limão, ingrediente chave da nossa mundialmente aplaudida caipirinha! Quer mais? De tão versátil, só pode ser brasileiro. Afinal, nós somos o povo do jeitinho! E o quibe é chegado num jeitinho...

Ele pode ser servido de acordo com a preferência do cliente: cru, assado, frito. Pode ser recheado ou puro e aceita uma variedade de temperos. Realmente, é uma comida ao gosto do freguês.

Não posso dizer que tenho uma versão favorita. Como sou boa de garfo, vou do cru ao frito num piscar de olhos e sempre fico em cima do muro na hora de escolher o melhor! Mas dá para afirmar com convicção que a versão mais popular aqui em casa é o quibe assado.

Ele é prático, não deixa a casa com cheiro de fritura e ainda vem com surpresinha (que nem o Kinder Ovo). Melhor: agrada todo tipo de convidado. A minha versão leva canela, que dá um toque surpreendente a uma receita por vezes tão "batida", e requeijão, porque não há nada mais gostoso do que aquela mancha branca borbulhante em meio a um mar marrom de carne e trigo!

Espero que gostem!

Quibe assado

Ingredientes

300g de carne moída
200g de trigo
1 cebola grande
4 dentes de alho
½ pote de requeijão
20 folhas de hortelã
1 maço de cebolinha
Salsinha a gosto
1 colher (chá) de canela (fica exótico!!)
Pimenta, azeite e sal
Manteiga para untar

Modo de Preparo

Em uma vasilha, coloque o farelo de trigo e cubra com água quente até que o trigo fique submerso (para não colocar água demais e depois ter que ficar espremendo o trigo, para tirar o excesso de líquido, a proporção é 300 ml de água para cada 200g de trigo). Deixe repousar até o trigo absorver toda a água. À parte, misture os demais ingredientes. Depois que o trigo esfriar, só aí é que você o mistura com os outros ingredientes.

Unte um recipiente de vidro com manteiga e adicione metade da mistura. Por cima, coloque o requeijão e complete com o restante do quibe cru. Alise bem e faça quadrados com a faca. Finalize com 30g de farelo por cima de tudo, para dar aquela crocância. Regue com azeite.

Leve ao forno pré-aquecido (180º) até que fique dourado por cima. Ao sair do forno, regue com mais azeite.

*É verdade que a o quibe assado vai bem com salada verde, mas, de tão bom, pode ser devorado sozinho!

2 comentários:

  1. Amada, semana que vem vou fazer sua receita! Eu AMO kibe! Comeria todos os dias, se possível! Depois te conto como foi e mando uma fotinho! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmã sortuda, prepare-se para provar meu quibe! Hahaha! É nesse fim de semana!

      Excluir